Shirley Oliveira

“Além de aprender a dançar vejo também como uma atividade terapêutica, envolvendo tanto o corpo quanto a interação pessoal entre os alunos”